Corrida contra as drogasMesmo com horário de verão, a 5ª Corrida de Rua De Cara Limpa Contra as Drogas reuniu na manhã deste domingo (19.10) mais de 1.000 pessoas, entre policiais civis, atletas e comunidade, que disputaram um percurso de seis quilômetros ao redor da região do bairro Paiaguás, em Cuiabá.

Nem o tempo abafado e calor impediram que os atletas profissionais e amadores desistissem de participar da 5ª Corrida de Rua e competir nas duas categorias (polícial civil e geral). Com 1.000 inscritos no evento esportivo, sendo na categoria geral o maior número de participantes, a largada aconteceu às 07 horas da manhã, em frente à Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), passando em frente ao prédio do DETRAN, seguindo para o Fórum da Capital, passando pela Assembléia Legislativa e retornando pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

O delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Anderson Aparecido dos Anjos Garcia, falou do sucesso do programa desenvolvido pela instituição que vem crescendo a cada ano. “A ideia é expandir as atividades para todos os 141 municípios do Estado de Mato Grosso, levando a mensagem de saúde aos jovens para o não uso de drogas. Viver com saúde e praticar esporte é o ideal para se viver bem”, destacou Anderson Garcia.

A delegada de polícia Juliana Chiquito Palhares, que também se inscreveu na corrida, falou sobre a importância do programa que atua com crianças e adolescentes das redes de ensino. “Mostramos para os jovens que praticar atividade física, esporte e o lazer é o lado bom da vida”. A delegada agradeceu a todos os parceiros, colaboradores e voluntários que trabalham juntos nesse programa vitorioso.

Leia também:  Apartamento pega fogo após moradora esquecer uma vela acesa

Os homens foram os primeiros a correr. Na categoria geral masculino, o primeiro lugar ficou Fernando da Silva, que completou o percurso em 18 minutos e 24 segundos. O segundo lugar ficou Alexandre Bispo da Costa, com 18 minutos e 33 segundos; o terceiro lugar foi Wemerson Silva Romualdo, que correu em 20 minutos e 27 segundos; o quarto lugar foi para Ivan Tulio Martins Ordano, no tempo de 20 minutos e 45 segundo, e o quinto classificado foi Wellington Mota dos Santos, com 20 minutos e 49 segundos.

Ainda da categoria masculina, policial civil, em primeiro lugar ficou Eladio Crisostomo de Oliveira com 21 minutos e 33 segundos; o segundo lugar ficou Francisco Claudio Furtado de Sousa, com 23 minutos e 30 segundos; o terceiro lugar foi Joel Mesquita Souza que completou a prova em 23 minutos e 42 segundos; o quarto policial classificado foi Otony Campos Leite, com 24 minutos e 25 segundos; e em quinto lugar ficou Kleberson da Silva Lima, com 24 minutos e 33 segundos.

As mulheres largaram minutos após os homens e também foram rápidas no percurso. Na categoria feminina geral, em primeiro Nadir Sabino de Siqueira, com 22 minutos e 03 segundos; em segundo lugar Ivone Terezinha Bassegi, com 22 minutos e 17 segundos; em terceiro ficou Maria de Fátima de Jesus Batz Mesquita, no tempo de 22 minutos e 26 segundos; o quarto lugar ficou Margarida da Silva Sabino, que correu no tempo de 24 minutos e 07 segundos; e a quinta classificada foi Lenir Antonia de Sene, com 24 minutos e 33 segundos.

Leia também:  Atleta rondonopolitana é ouro no salto em altura

Já na categoria feminina, policial civil, em primeiro lugar ficou a escrivã de polícia Cristina Naoe Yukishita, no tempo de 28 minutos e 49 segundos; em segundo Francileia de Oliveira Silva, no tempo de 31 minutos e 32 segundos. Em terceiro lugar ficou Vania Prates Macedo; no tempo de 33 minutos e 08 segundos; em quarto ficou Vera Lucia Ferrari com 34 minutos e 19 segundos e na quinta classificação foi a policial Maria José Batista da Silva, com 35 minutos e 06 segundos.

Neste ano uma premiação nova foi dada ao atleta mais idoso, sendo o ganhador Cedil Pereira Lima de 88 anos, que recebeu o premido de R$ 100 reais. O senhor atleta aderiu ao esporte e já está na sua quinta participação na corrida do De Cara Limpa Contra as Drogas, esbanjando sempre simpática, saúde e muita resistência.

Os vencedores dividiram nas cinco classificações R$ 4,8 mil em premiação. Os cinco primeiros lugares, tanto feminino e quanto masculino, das duas categorias foram premiados. Na categoria policial civil, o 1º lugar ganhou R$ 600 reais, o 2º recebeu R$ 400 reais, o 3º colocado ficou com R$ 250 reais, o 4º ganhou R$ 150 reais e o 5º premiado com a quantia de R$ 100 reais.

Leia também:  Maior presídio de MT registra cerca de 60 presos com tuberculose isolados para tratamento

Para categoria geral, a premiação do 1º colocado foi de R$ 400 reais, o segundo ganhou R$ 200 reais, o 3º colocado recebeu R$ 150 reais, o 4º foi premiado com R$ 100 reais, e o 5º lugar ganhou R$ 50 reais.

A corrida “De Cara Limpa” é uma das ações do programa De Cara Limpa Contra as Drogas, da Polícia Judiciária Civil, desenvolvido pela equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de Cuiabá. O projeto busca sensibilizar e conscientizar a sociedade de que a prevenção ao uso e a repressão ao tráfico de drogas não é apenas dever da polícia, mas responsabilidade de todo cidadão que deseja um mundo de paz.

A 5ª corrida de rua “De Cara Limpa Contra as Drogas”, realizada pela Polícia Civil conta com a parceria do Governo do Estado, Federação de Atletismo Matogrossense (FAMT), Sindicado dos Escrivães (Sindepojuc), Associação Mato-Grossense dos Delegados de Polícia (Amdepol), Secretaria Municipal de Transportes Urbano (SMTU), Corpo de Bombeiro, Polícia Militar, Secretaria de Estado Esporte e Lazer (Seel), Água Excelência, Prefeitura de Cuiabá, Sicredi, Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) entre outros apoiadores e patrocinadores.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.