A 13ª enquete do TJMT, que teve como tema: ‘A guarda compartilhada dos filhos deve ser aplicada em todos os casos de divórcio?’, dividiu opiniões. A maior parte dos internautas, 41,89%, preferiu não se arriscar e escolheu a opção depende. Outros 38,11% disseram que não e 19,8% que sim. Recorde de votação, a enquete teve 5.323 participantes.

Além do tema polêmico, outra explicação para esse recorde de participação é que a enquete do Tribunal de Justiça mudou de lugar no Portal e ganhou destaque. Agora ela está na capa do site, no canto inferior esquerdo. O objetivo da mudança foi ampliar o debate com a sociedade sobre os temas que estão em foco no noticiário nacional e fazem parte do cotidiano dos brasileiros.

Leia também:  A partir de 2018, começará a valer a carteira de motorista eletrônica

Outra novidade é que, além de votar, o internauta agora pode visualizar a opinião das outras pessoas sobre o tema proposto, bastando para isso clicar no link ‘Parcial’. Por conta de um sistema de monitoramento, que registra o IP do computador do participante, cada pessoa poderá votar apenas uma vez do mesmo equipamento. O objetivo é garantir mais credibilidade ao resultado.

Novo tema – A partir desta sexta-feira (17 de outubro), o internauta poderá votar na 14ª enquete do TJMT, que tem como tema: ‘Projeto de Lei quer tornar infração grave (com 5 pontos na carteira) o uso indevido da vaga de estacionamento para deficientes e idosos. Você concorda? A votação será encerrada no dia 2 de novembro, quando será divulgado o resultado em forma de notícia.

Leia também:  PRF recupera camionete roubada em Rondonópolis

Sugestões sobre temas poderão ser encaminhadas para o e-mail [email protected]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.