A esteticista Grazieli Kretschmer, 26 anos, descobriu que estava com câncer de mama, na fase de metástase, em fevereiro deste ano. Para vencer a dureza do diagnóstico, ela recorreu aos perfis sociais na internet, criados por outras pacientes oncológicas, a fim de melhorar a autoestima.

“Foi a forma que encontrei de ter pessoas para conversar e dividir minhas dores e sensações. Nessa interação, uma ajuda a outra. Mesmo quando não estamos bem, queremos ficar para prestar assistência a outro alguém”, afirma.
Grazieli conta que as maiores inspirações para encarar o câncer com coragem, além dos avós – que também foram acometidos pela doença -, foram as blogueiras Flávia Flores, do Quimioterapia e Beleza, e Silvania Gonçalves, do Onco e Fitness.

lenço câncerHá dois anos, Flávia, 37 anos, foi diagnosticada com câncer de mama e, segundo ela, o que mais a surpreendeu foi o fato de não ter onde conseguir informações para se arrumar de acordo com a moda, na fase da quimioterapia, em que o cabelo cai.

Leia também:  Criança com HIV não tem mais sinais do vírus mesmo sem remédios

“Trabalhei muitos anos como modelo e é um mundo de muita cobrança. Depois da descoberta, eu procurava na internet maneiras de me valorizar mesmo com as consequências do tratamento e não encontrei nada. Foi quando criei o Quimioterapia e Beleza, para dar dicas a pacientes com câncer”, explica Flávia.

Atualmente, a página da modelo no Facebook tem mais de 80 mil seguidores, que aprendem como amarrar lenços na cabeça, utilizar perucas estilosas e cílios postiços. O seu trabalho cresceu tanto que Flávia escreveu um livro, com o mesmo nome do blog, e já tem reconhecimento nacional.

“Eu recebo mensagens de muito carinho e agradecimento por ajudar na autoestima das minhas seguidoras. Criamos, sempre, uma relação de amizade. Converso com muitas, diariamente, e faço questão de responder a todos os recados. Essa é a minha forma de colaborar”, frisa ela.

Leia também:  Rótulos de certas águas de coco não são confiáveis, diz Proteste

Dicas de saúde
Silvania Gonçalves, 36 anos, usou a formação e paixão por educação física e criou o Onco e Fitness, após o diagnóstico de câncer de mama metastático. O objetivo é informar fatos e curiosidades sobre saúde, bem-estar e exercícios físicos que acrescentem qualidade vida aos pacientes oncológicos.Foto: Reprodução / FACEBOOK

“Sempre fui uma apaixonada por atividade física, mas a doença me trouxe algumas limitações com que ainda estou aprendendo a conviver. A página me ajuda a dividir um pouco do que sei e aprendi durante os meus anos como profissional de academia. Isso me ajuda a enfrentar a doença”, comenta Silvania, que criou a página em abril de 2013 e tem mais 16 mil seguidores.

Grazieli Kretschmer, que tem a expectativa de vida de mais cinco anos, devido a expansão do câncer, que já acomete a coluna, o rim e a cabeça, também se inspirou nas blogueiras para montar o Centro de Estética Grazik.
Ela trabalha com pigmentação e desenha as sobrancelhas de pacientes que as perdem por causa do tratamento quimioterápico.

Leia também:  Um hábito noturno aumentaria o risco de câncer de mama

“Todos os dias, eu acordo e me pergunto: o que eu quero fazer hoje? E uma dessas coisas é servir de inspiração para alguém, como essas meninas serviram para mim. A melhor coisa que posso fazer é ajudar outra pessoa que passa pela mesma situação que eu”, destaca a esteticista.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.