Suspeitos presos durante a investigação - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT
Suspeitos presos durante a investigação – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Investigadores da Delegacia da Vila Operária desmembraram na tarde desta terça-feira (14), mais uma ‘boca de fumo’, localizada  na rua Campo Limpo, que abastecia toda a região. Os suspeitos já haviam sido detidos várias vezes porém poucas quantidades eram encontradas.

Após um trabalho de investigação, os policiais descobriram que o suspeito Maurício Gonçalves da Silva, 23 anos, alugava uma outra casa para esconder a maior quantidade de droga e deixava pequenas porções distribuídas nas ‘bocas’.

Na tarde de hoje, durante a revista na residência foram encontradas dentro do fogão, 360 petecas de pasta base e uma porção de cocaína, além de R$ 3.084 em espécie. Também foi encontrado um caderno com toda a contabilidade da venda e os devedores, que somando chega a mais de R$4 mil em dívida. Além de uma balança de precisão, celulares, e duas telas de cabelo.

Leia também:  Polícia Civil descobre trabalho escravo em fazenda de advogado

A irmã do suspeito, Daiane dos Santos e a mulher dele Daniela de Souza Freitas, também foram detidas acusadas de estarem envolvidas na venda dos entorpecentes.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.