Arlete Santos de Quadros foi presa em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores. O caso aconteceu em Itiquira, na tarde de ontem (20). Uma adolescentes que morava com Arlete foi apreendida e a autuada pelo ato infracional de tráfico e associação para o tráfico.

Após as investigações a polícia chegou a conclusão de que Arlete e a adolescente moravam juntas e chefiavam um ponto de venda e distribuição de drogas. As suspeitas foram monitoradas e ficou constatado que as duas foram até Rondonópolis (212km ao Sul) para buscar entorpecentes para abastecer o comércio de drogas em Itiquira.

Com base nessas informações os policiais abordaram as traficantes no ônibus em que elas retornavam para Itiquira. A menor foi apreendida com um tablete de maconha. Em razão do nervosismo da acusada Arlete, foi realizada uma revista pessoa na traficante, com ajuda de uma agente penitenciária feminina e encontrada dentro da sua vagina uma pedra de aproximadamente 75 gramas de pasta base de cocaína.

Leia também:  Cerca de 110 bezerros são roubados em fazenda de MT e o prejuízo chega a R$ 330 mil

Esta foi a 2ª “boca de fumo” desarticulada em 15 dias na cidade, mostrando o empenho da Polícia Civil no combate ao tráfico de drogas na cidade. Após autuação do flagrante, Arlete foi encaminhada para cadeia pública feminina de Rondonópolis e a adolescente será entregue ao Ministério Público, nos termos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.