Materiais que foram apreendidos na Mata Grande - Foto: GIR
Materiais que foram apreendidos na Mata Grande – Foto: GIR

Uma operação realizada nesta quarta-feira (01), no interior do Presídio Major Eldo de Sá Correia, a Mata Grande em Rondonópolis, resultou na apreensão de 15 celulares, além de drogas e demais eletrônicos.

Segundo Paulo Rufino, subdiretor da unidade, a parte inferior do Raio 1 estava sendo reformada e com o término das obras, houve o remanejamento de 120 reeducandos. Com a mudança, os agentes aproveitaram para vasculhar possíveis pontos de esconderijos. “Encontramos dentro de esgoto, no interior de televisões entre outros esconderijos” ressaltou Paulo.

A operação batizada de “Minha Casa na Cadeia” foi realizada pelo Grupo de Intervenção Rápida (GIR), juntamente com os agentes de Práticas Operacionais.

Ainda conforme Paulo, o nome é devido as celas do Raio 1 que foram reformadas, tornando o local mais digno para pagar a pena. Ele também acrescenta que a normativa que proíbe revista íntima nas visitas torna mais fácil a entrada de um aparelho eletrônico.

Leia também:  Acusado de matar cabeleireiro em frente à faculdade é condenado a 20 anos de prisão
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.