Quatro pessoas foram presas pela Delegacia de Polícia Judiciária Civil no município de Nova Canaã do Norte (699 km ao Norte), durante a operação Terra Santa desencadeada na sexta-feira (10). Os acusados, Altamir Copp da Silva, Rogério Nascimento Carmo, Eliseu Manoel da Silva e o menor J.P.S. foram autuados por tráfico de drogas, posse de drogas, dirigir sem carteira nacional de transito (CNH), e embriaguez ao volante.

As investigações iniciaram após denuncias anônimas de possível comercio ilegal de entorpecentes. Em apuração foi constatado intensa movimentação de suspeitos em um barraco no assentamento “Irmã Doroti”, localizado às margens da MT 320, nas proximidades do município de Nova Canaã do Norte.

Leia também:  PRF apreende mais de 23 Kg de maconha com garota de 16 anos e jovem

Durante diligências os policiais civis realizaram monitoramente do local e conseguiram efetuar o flagrante de Altamir comercializando drogas. Segundo a polícia, ele já havia sido condenado a mais de 04 anos de reclusão, e estava em liberdade desde o dia 10 de setembro após terminar de cumprir a pena. Ele foi preso após os policiais efetuarem a abordagem do adolescente J.P.S. juntamente com Rogério saindo do barraco com uma porção de maconha. Em entrevista os dois informaram que haviam comprado a droga pelo valor de R$ 20 reais, de Altamir no assentamento “Irmã Dorothy”.

Em seguida os investigadores realizaram buscas no barraco de Altamir sendo apreendido dentro de um pote de manteiga, vários porções de maconha prontas para a venda, além de duas munições de espingarda calibre 32. Altamir foi preso pelo crime de tráfico de drogas e posse ilegal de munições de arma de fogo. Ele foi interrogado e transferido a Cadeia Pública de Alta Floresta (803 km ao Norte).

Leia também:  Integrante do bando que matou o cabo em SP é preso em Rondonópolis

Já Rogério Nascimento Carmo foi detido por posse de drogas. Ele tem outra passagem pelo estado de Santa Catarina, também por uso de entorpecentes. Rogério pagou a fiança arbitrada e responderá em liberdade.

O adolescente J.P.S. foi apreendido pelo mesmo ato infracional de posse de droga, e por dirigir sem carteira nacional de transito (CNH). Depois de entrevistado foi entregue a sua genitora.

O quarto acusado foi Eliseu depois de ser abordado pelos investigadores, e preso pelos crimes de embriaguez ao volante e dirigir sem carteira nacional de transito (CNH), pagando fiança e posto em liberdade.

Conforme a Polícia Civil o nome da operação justifica-se pelo fato da boca de fumo estar localizada em um assentamento rural cujo nome é “Irmã Dorothy”, que foi uma religiosa norte-americana naturalizada brasileira.

Leia também:  Jovem posta foto com drogas em rede social e é preso por tráfico

Participaram da operação “Terra Santa” os policiais Juscelino Albano Correa, Reinaldo Peroba, Kleber Lauro Vani de Oliveira, Alexandre Henrique Costa Correa sob o comandado do delegado de polícia Ruy Guilherme Peral da Silva.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.