As solicitações de falências no país aumentaram 21,5%, em setembro, em relação a agosto último, e 16% sobre o mesmo mês do ano passado, segundo mostra o Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações. Foram encaminhados à Justiça nesse período 181 pedidos ante 149, em agosto, e 156, em setembro de 2013.
As falências de setembro formaram o maior volume de solicitações dos últimos quatro anos para um mês de setembro. Em 2011 foram registrados 108 processos; em 2012, 135; e em 2013, 156. A maior parte dos processos refere-se às micro e pequenas empresas (91 pedidos), seguido pelas grandes empresas (51) e médias (39).

Os economistas da Serasa Experian avaliam que as empresas tiveram mais dificuldades em honrar os compromissos em razão da “deterioração do quadro conjuntural doméstico caracterizado por recessão interna, juros altos e queda generalizada dos níveis de confiança empresariais e, mais recentemente, pela alta da moeda norte-americana”.

Leia também:  Receita Federal paga nesta segunda (16) o 5º lote de restituição do IR 2017

Já as recuperações judiciais requeridas apresentaram aumento de 38,5% em comparação a agosto último com um total de 90 solicitações. As micro e pequenas empresas lideraram os pedidos com 49 encaminhamentos. As médias somaram 25 e as grandes empresas (16).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.