Um homem de 50 anos foi detido por crime ambiental na tarde de ontem (19) na zona rural do município de Itiquira.  De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), a polícia encontrou  em um freezer no rancho do suspeito,  123 quilos de pescado das espécies pacú, piavussu, piau, piraputanga e barbado. O pescador alegou que o pescado pertencia a ele e mais 8 amigos, mas que não estavam no local.

Os policiais ainda encontraram as margens do rio Itiquira um viveiro em um barranco com vários exemplares de pescado, o qual o suspeito alegou ser dele e de um dos colegas de pesca, mas que não estava no local.

Dentro do viveiro haviam 30 exemplares de peixes das espécies piraputanga, piavussú e piau, que encontravam-se vivos e foram soltos no rio. Ainda foram soltas mais cinco espécies de piraputanga que mediam aproximadamente 25 cm,  medidas inferiores as permitidas por lei.

Leia também:  Escola é invadida e professores têm materiais roubados no Conjunto São José

De acordo com o Boletim de Ocorrência, mesmo que a quantidade de pescado fosse dividida entre os 9 pescadores, conforme informou o suspeito, a quantidade de peso permitido foi excedida, já que cada cada um poderia pescar cinco quilos e um exemplar.

O suspeito foi encaminhado a 1ª Delegacia de Polícia juntamente com o material apreendido, onde levou a multa de R$ 724.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.