Carreta que foi apreendida - Foto: PRF
Carreta que foi apreendida – Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu no fim da tarde desta sexta-feira (17), na BR-364 em Juscimeira, uma grande quantidade de defensivos agrícolas de origem paraguaia avaliados em mais de R$ 1,4 milhões.

Segundo o PRF Ênio Cleber que é especializado em crimes ambientais, o maior problema deste tipo de crime não é o tributário. Tem o dano à saúde já que esse tipo de defensivo agrícola é proibido de ser comercializado no Brasil. O dano ambiental também é imenso, já que não é um defensivo seletivo, além de contaminar o lençol freático.

“Nessa ocorrência pode-se observar três crimes diferentes: crime de contrabando, contra a saúde pública e crime ambiental. Há cerca de 2 anos, um estudo científico detectou resquícios de agrotóxicos no leite materno de mulheres de Lucas do Rio Verde, ou seja, os danos para a sociedade são imensuráveis”, relembrou.

Leia também:  Grupo é preso por receptação de rodas esportivas em MT

A ocorrência foi apresentada a Polícia Federal de Rondonópolis. No total foram apreendidos 2.800 kg de Topus 80wg com valor estimado R$ 1.262.800,00 (um milhão, duzentos e sessenta e dois mil e oitocentos reais), Noctur avaliados em R$ 201.600,00, ou seja, o total estimado da carga é de R$1.464.400,00.

O nome do motorista e o destino da carga não foram divulgados.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.