A 8ª Semana Acadêmica de Zootecnia (Seazoot), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus de Rondonópolis, segue até a próxima sexta-feira (24) com informações teóricas e práticas para os estudantes.

No primeiro dia do evento os alunos tiveram uma perspectiva de algumas ares onde poderão atuar, a partir da experiência dos próprios empresários do ramo. O primeiro dia do evento trouxe para a Universidade alguns empresários do ramo como o zootecnista e sócio proprietário da empresa Novanis, Arlindo Vilela. A empresa é de Rondonópolis e trabalha com o desenvolvimento de produtos para a nutrição de bovinos de corte há 14 anos. Vilela falou sobre o perfil e a importância do profissional de Zootecnia na região sul de Mato Grosso.

Leia também:  Focos de incêndio aumentam e bombeiros solicitam reforço em Rondonópolis

No período da tarde participou do evento o diretor executivo da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), Custódio Rodrigues Castro Junior, que abordou mitos e verdades sobre a carne suína. Logo em seguida a zootecnista e diretora executiva da Estância Celeiro, Cristiane Rabaioli apresentou as perspectivas de mercado para a carne bovina no Brasil, apontando as diferenças entre mercado de nicho, que é a especialidade da empresa onde atua, e commodities.
De terça até quinta-feira será a vez dos minicursos. Produção de peixes nativos, suplementação de bovinos em pastejo, tecnologias e gestão de resíduos da produção rural e classificação, cortes e aproveitamento e carcaças ovinas e caprinas são alguns dos cursos oferecidos.

Leia também:  Fuga em massa na Mata Grande, muro é explodido e 32 fogem

O encerramento será com a palestra Perspectivas de Mercado Leiteiro, na sexta-feira, a partir das 7 horas, com o zootecnista e responsável técnico da empresa Coperphós, Danilo Martins Lozano. A empresa está no mercado desde 1992 e é especializada em suplementação animal para gados de corte e leite, suínos, ovinos, equinos, aves e peixes.

O evento é organizado pelo Centro Acadêmico de Zootecnia e outros acadêmicos do curso e tem com objetivo aumentar a interação entre os acadêmicos e profissionais que atuam na área da zootecnia; difundir tecnologias que permitam enriquecimento acadêmico profissional; divulgar o curso de Zootecnia para a região; evidenciar a integração pecuária e agricultura e apresentar modelos sustentáveis na produção, nutrição, reprodução e melhoramento genético de animais e na área agrícola.
Outras informações na fanpage do evento (facebook: VIII Seazoot Ufmt/cur) ou pelos telefones (66) 9913-9250 / (66) 9662-3516.

Leia também:  Clima em Rondonópolis deve chegar a 40º C no final de semana
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.