Hussein Daoud já assumiu o cargo de vereador neste ano - Foto: Assessoria
Hussein Daud já assumiu o cargo de vereador neste ano – Foto: Assessoria

O suplente de vereador, Hussein Daud (PP), está desaparecido desde que sua caminhonete, uma Hilux branca, foi roubada e os bandidos o levaram junto. O caso aconteceu no início da noite de hoje (20). A informação foi confirmada pelo comandante do grupo especial da Polícia Militar (PM) Força Tática, major Candido Moreno.

De acordo com as primeiras informações, a esposa de Hussein estaria tentando acionar o localizador do celular, no intuito de ajudar a o encontrar.

Até o momento não se sabe se a intenção dos criminosos é de sequestrar o suplente de vereador, ou apenas roubar seu veículo e depois liberá-lo em algum local.

A Polícia Militar está neste momento fazendo o cerco nos arredores da cidade.

NA CÂMARA

Hussein é o 1º suplente do Partido Progressista e assumiu como vereador em setembro deste ano. Na ocasião, ele atuou na Casa de Leis por 120 dias, período em que o vereador Roni Magnani (PP) se licenciou por problemas de saúde.

Leia também:  Mulher é roubada e estuprada na pista do antigo aeroporto em Rondonópolis

ATUALIZADA

às 20h – A caminhonete em que estava o suplente de vereador e dois suspeitos capotou a cerca de 23 km de Guiratinga, na MT-270.

Eles foram socorridos e encaminhados, por enquanto, ao Hospital de Guiratinga. O acidente aconteceu durante a tentativa de fuga dos suspeitos.

 às 20h45 – Amigos da família de Hussen informaram que ele passa bem e que está no Hospital realizando alguns exames.

Capotamento na mt 270 com Hussem 01
Local onde aconteceu o acidente – Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

às 21h – Uma ambulância já está trazendo Hussein para o Hospital Regional de Rondonópolis. O comandante da Força Tática Major Candido contou que a princípio, Hussen teria fraturado algumas costelas. Um dos suspeitos morreu no momento do acidente. O seu corpo ainda está no local. O outro suspeito fraturou o pé e está no Hospital de Guiratinga.

O major contou a reportagem do AGORA MT que foi feito o cerco policial e que os suspeitos seguiam pela MT-270 quando próximo ao distrito Vale Rico duas guarnições, uma de Tesouro e outra de Guiratinga, avistaram a caminhonete e fizeram o acompanhamento até que ao chegar na região conhecida como ‘Ranuf’ o motorista da caminhonete perdeu o controle e capotou.

Leia também:  Jovem é morto com três tiros em Fátima de São Lourenço

Esse não é o 1º caso de sequestro de pessoa e roubo de caminhonete em Rondonópolis, porém o major contou que nesse caso houve uma diferença, já que quase sempre a caminhonete escolhida pelo ‘mercado negro’ é a diesel e a do Hussen é flex. “Porque a diesel o valor de mercado é maior, então optam por ela”, salienta.

Por enquanto, o suspeito que sobreviveu contou apenas que eles são de Cuiabá.

às 22h – A Polícia Técnica está no local do acidente. A Polícia procura as armas usadas pelos acusados.

às 22h15 – Um parente de Hussein acompanha o trabalho da polícia. Ele que preferiu não se identificar contou que Hussein acompanhava um amigo, cada um em um carro, quando chegaram na casa desse amigo que entrou na residência para avisar a esposa que iria com Hussein até a igreja, no momento em que saiu no portão viu os assaltantes empurrarem Hussein para o banco do passageiro e depois fugiram.

Leia também:  Família é rendida, amarrada e trancada em banheiro por trio armado

O amigo que mora no bairro Nova Colina de imediato ligou para a polícia. Ele que foi testemunha do ocorrido acredita que os bandidos tiveram apoio de outras pessoas, já que eles não chegaram a pé.

às 6h30

O suspeito que morreu no local foi identificado Honnis Rosa de Souza, 39 anos. Já o seu comparsa que está internado afirmou se chamar Thiago Vieira, porém a polícia irá confirmar a informação.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.