Terceiro balanço, divulgado às 12h34 pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), informa a substituição de 1.733 urnas eletrônicas, que correspondem a 0,40% do total de mais de 420 urnas instaladas nas seções eleitorais em todo o país. Dentre elas, 425 são biométricas (0,58%). Conforme os dados, não houve votação manual.

Ao todo, mais de 530 mil urnas estão à disposição da Justiça Eleitoral, das quais cerca de 70 mil são urnas de contingência.

No Estado do Rio de Janeiro foram substituídas 265 urnas, em São Paulo foram 239 e no Rio Grande do Sul, 151. O Distrito Federal lidera as substituições em porcentagem com 0,94%, seguido do Amapá (0,85%) e do Rio de Janeiro (0,72%). Até o momento, nenhuma urna foi substituída no exterior.

Leia também:  Crianças vão à Câmara conhecer estrutura e trabalhos realizados pelos vereadores

A Justiça Eleitoral também registrou 293 ocorrências de eleitores, das quais 66 com prisões e 227 sem necessidade de prisão. O Estado do Rio de Janeiro apresentou o maior número de ocorrências. Ao todo, foram 62 registros, dos quais 13 com prisões. Não houve prisão de candidatos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.