vigilancia sanitáriaA Secretaria Municipal de Saúde através da Vigilância Sanitária (VISA) de Alto Taquari interditará os estabelecimentos que não estiverem com a documentação em dia com órgão sanitário municipal. Em torno de 30 estabelecimentos podem ter as portas fechadas devido as irregularidades.

Segundo a coordenadora da Vigilância Sanitária, Ivonete de Lima, a medida será tomada devido a inadimplência de alguns comerciantes quanto a apresentação de alguns documentos junto ao órgão. Ainda segundo ela, “esta ação visa regularizar os comércios que indiretamente estão envolvidos com a saúde pública individual ou coletiva no município como mercados, salão de beleza, lanchonetes entre outros.”

A coordenadora explica que os fiscais realizaram as vistorias em todos os estabelecimentos da cidade, os locais que apresentaram os documentos exigidos pela Secretaria de Vigilância Sanitária como alvará de funcionamento, CNPJ, porte da empresa entre outros, receberam uma declaração que comprova que o comércio está em dia com suas documentações e apto a funcionar.

Leia também:  DEM pode ser destino de Sachetti e Garcia

Já aqueles que estão devendo documentos receberam apenas uma declaração com validade de 30 dias e após este período se o mesmo não apresentar os documentos exigidos terão suas portas fechadas.

Para realizar a interdição os fiscais estão fazendo uso das Lei Estadual: n°7.1110/99 que dispõe sobre a promoção, proteção e preservação da saúde individual ou coletiva no Estado de Mato Grosso e da Lei Federal n°6.437/77 que configura infrações à legislação sanitária federal.

Os comerciantes que tiverem alguma dúvida sobre suas documentações poderão entrar em contato através do telefone (66) 3496 1796 ou do e-mail ([email protected]).

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.