Zezé e Luciano durante apresentanção no Prêmio Multishow (Foto: Agnews)
Zezé e Luciano durante apresentanção no Prêmio Multishow (Foto: Agnews)

Fazia tempo que não via Zezé cantando ao vivo na TV e tive o desprazer de acompanhá-lo na noite desta terça (28) durante o Prêmio Multishow. Fiquei impressionado como ele está sem voz. O cara berrou e desafinou muito tentando alcançar aquelas notas mais altas, coisa que fazia até bem no passado. Deu uma certa vergonha alheia vê-lo ali daquele jeito. Sei que ele teve um problema de voz no passado, o que pode interferir um pouco até hoje, mas então o jeito é cantar de uma maneira diferente, não?

Mas Zezé não foi o único. A participação dos sertanejos em geral não combina nada com este tipo de premiação, que é mais pop. Até dá para imaginar boa parte do júri ali presente e do público vociferando contra estes artistas. Entendo o espaço dado às duplas e cantores deste gênero, afinal são os maiores vendedores de discos e shows no Brasil. Além do que, vários ali são da gravadora da Globo, que também é dona do canal a cabo. Uma coisa leva à outra. Mas não venha me dizer que eles combinam com o Prêmio Multishow, porque não combinam mesmo.

Leia também:  Programa de Luan Santana estreia em Agosto na Multishow

Por exemplo, ver Gusttavo Lima cantando aquela aberração que é Balada Boa (Tchê Tchê Rere) é um negócio impensável. A canção é patética e sua letra absolutamente ridícula. Luan Santana também não fica atrás.

Enfim, a participação dos sertanejos na premiação foi uma coisa bem estranha. Foi algo para esquecer.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.