O Banco Central publicou hoje (18) norma aumentando de R$ 2 mil para R$ 3 mil o limite máximo de saldo mensal permitido para as contas simplificadas. As contas simplificadas foram criadas para estimular a inclusão da população de baixa renda no sistema financeiro. Elas têm abertura facilitada, limites na movimentação, não fornecem talão de cheques e têm restrições à cobrança de tarifas.

Além de elevar o saldo mensal, o BC aumentou de R$ 5 mil para R$ 6 mil o limite para bloqueio das contas simplificadas. Caso o saldo ou o somatório dos depósitos exceda esse patamar mais de duas vezes a cada ano, a conta é bloqueada pela instituição financeira para verificação do motivo.

Leia também:  Trajes de quadrilhas estão mais modernos e lojistas lucram com encomendas em Rondonópolis | TV Agora

De acordo com dados do Banco Central, existem, atualmente, cerca de 8 milhões de contas simplificadas de depósitos à vista, e cerca de 3 milhões de contas simplificadas de poupança.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.