O presidente norte-americano Barack Obama saudou hoje (10) a ascensão global da China. O futuro dos Estados Unidos está “indissociavelmente ligado à Ásia”, disse. “Saudamos a ascensão de uma China próspera, pacífica e estável”, acrescentou Obama em encontro com cerca de 1,5 mil empresários de 21 países do Anel do Pacifico.

A declaração visa a diminuir o persistente receio chinês quanto a uma suposta intenção de Washington de conter a China. “Queremos que a China tenha sucesso. Competimos mas também cooperamos”, acrescentou o presidente norte-americano.

Barack Obama chegou hoje a Pequim, para iniciar um périplo asiático durante o qual terá encontros com o presidente chinês Xi Jinping, antes de seguir para a Birmânia e a Austrália.

Obama deverá encontrar-se com o novo presidente da Indonésia, Joko Widodo. Discursará à tarde na abertura da reunião de cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec).

Leia também:  Festa de aniversário é proibida na Arábia Saudita para poupar gastos desnecessários

O presidente americano prossegue a sua viagem, num total de oito dias, que o levará à Birmânia para a cúpula da Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean) e à Austrália. Na Austrália, comparecerá à cúpula do G20, com a participação dos chefes de Estado das 20 maiores economias mundiais.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.