Há dez dias do fim, a campanha nacional de vacinação contra a poliomielite e o sarampo atingiram pouco mais de 48% do público infantil, segundo dados apontados pela Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com a responsável pelo setor de imunização de Rondonópolis, Noeny Pereira, faltam ser aplicadas pouco mais de 14 mil doses, 6.700 de sarampo e 7.871 de pólio.

Os números oficiais do andamento da campanha foram colhidos em uma segunda parcial, formatada neste início de semana pela Saúde Municipal. Apesar de estar ‘dentro do prazo’, já que foi atingido exatamente a metade dos números propostos na meta após decorrido dez dias de trabalho, Noeny alerta aos pais quanto a necessidade de buscarem a unidade de saúde mais próxima.

Leia também:  Modo de encantar clientes da Disney será tema de palestra da CDL

“Todos as unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESFs), Centros de Saúde e demais postos de atendimento estão com doses no estoque para atender a população. Até mesmo as crianças que já tomaram a vacina nos anos anteriores, se ainda tiverem dentro da faixa de menos de cinco anos para o sarampo e até cinco anos para a pólio devem receber o reforço”, explicou Pereira.

Em relação a idade mínima, a campanha abrange crianças já a partir de seis meses, no caso da poliomielite, e só após completar um ano para a imunização contra o sarampo. A taxa exigida pelo Ministério da Saúde de eficácia das imunizações das duas doenças é que se consiga chegar a 95% do público.

Leia também:  Prefeitura lança processo seletivo para docentes com 67 vagas

“Temos contabilizados até o momento 48,38% no sarampo de meta atingida e 48,32% na pólio. Vamos traçar estratégias, preparar postos volantes com mais um dia ‘D’, mas obviamente que o mais importante é os pais se conscientizarem da necessidade deste ato que pode mudar uma vida toda de seus filhos”, concluiu Noeny.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.