O caseiro Anastácio Marafon, 53 anos, réu confesso de ter assassinar a tiros o ex-secretário Vilceu Marchetti, 60 anos, deve ser ouvido na tarde desta quarta-feira (26), por volta das 14h20, na 1ª audiência de instrução e julgamento, conduzida pelo juiz Murilo Moura Mesquita que será realizada na Vara Única de Santo Antônio do Leverger.

Além do caseiro mais sete pessoas foram intimidas para comparecer na audiência, entre elas, familiares do ex-secretário, como a viúva e o filho do casal de 39 anos.

Na 1ª audiência, o réu deve estar presente devido ao ofício expedido para a Cadeia Pública de Capão Grande, no município de Várzea Grande, local onde o caseiro está preso.

Leia também:  Dupla armada faz família refém em assalto à residência no bairro Santa Cruz

O crime

O crime ocorreu no dia 07 de julho, na Fazenda Mar Azul, na região do Distrito do Mimoso. O ex-secretário foi morto com um tiro na cabeça e outro no peito.

Anastácio foi preso em flagrante minutos depois do crime na propriedade. Na ocasião, ele confessou ter assassinado Marchetti e disse que o ex-secretário teria assediado sua esposa. Após uma discussão no quarto onde estava o ex-secretário, o caseiro disparou conta Marchetti.

O acusado ainda disse que jogou a arma do crime, um revólver calibre 38, em um rio que passa pela propriedade. Local onde foi encontrado e preso pela Polícia Militar.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.