O prefeito Percival Muniz, que também é presidente estadual do PPS, afirmou que está afastado da discussão que pode resultar na fusão entre o PSB e PPS. Muniz afirmou que anda muito ocupado com a gestão de Rondonópolis e que por isso está fora das articulações políticas.

“Estou competindo comigo mesmo, está difícil vencer o Percival da última gestão, hoje a burocracia é maior, mas acredito que até o fim do mandato consigo me superar”, diz Muniz.

PSB e PPS estão negociando antes mesmo das eleições uma fusão para somar forças e ganhar peso no Congresso. A nova sigla manteria o nome do PSB e teria uma bancada de 44 deputados em 2015, sendo a 4ª maior da Câmara, atrás de PT, PMDB e PSDB.

Leia também:  Percival e mais três deputados de antiga legislatura não são delatados

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.