Durante o mês de outubro foi registrado um aumento de 2,8% no número de pessoas que buscam crédito em comparação com o mês anterior. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (13) pelo Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. Na comparação com outubro de 2013, a demanda subiu 6,6%.

Já no acumulado do ano até outubro, a procura por empréstimos e financiamentos acumula queda de 2,5% na comparação com o mesmo período de 2013.

Conforme os economistas da Serasa, houve avanço da demanda em outubro em todas as faixas de renda. A alta foi de 3,3% para quem ganha entre R$ 5 mil e R$ 10 mil mensais; 3,1% para os que recebem entre R$ 2 mil e R$ 5 mil mensais; e 3,0% para aqueles que ganham entre R$ 1 mil e R$ 2 mil por mês.

Leia também:  Brasil precisa melhorar qualidade da carne para não perder mercado, diz empresa

Ainda conforme os dados, para os que têm renda mensal superior a R$ 10 mil, a procura por crédito cresceu 2,8%. Os menores avanços foram registrados nas faixas mais baixas de rendimento mensal: 2,6% para os que recebem entre R$ 500 e R$ 1 mil por mês e 2,5% para os consumidores cuja renda mensal é inferior a R$ 500.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.