De 11 a 12 de novembro será realizado o primeiro workshop de Integração lavoura, pecuária e floresta da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus de Rondonópolis, numa iniciativa do curso de Zootecnia. O workshop é um trabalho de extensão do curso e surgiu da necessidade dos produtores em obter informações sobre a atividade agropecuária em harmonia com a fauna e a flora nativas. De acordo com o professor Welton Cabral, coordenador do evento, “este modelo de atividade está crescendo na região, porém sem muito embasamento técnico”.

Além disso, o workshop faz parte do cronograma da Embrapa Agrossilvipastoril que irá capacitar 50 pessoas da região em sistemas integrados durante um período de cinco anos, sendo a primeira etapa dessa capacitação.

Leia também:  Seis foragidos da Mata Grande são recapturados pelas Forças de Segurança em Rondonópolis

Para Cabral “o objetivo do workshop é unir várias pessoas de grande importância para o setor pra debater uma questão tão atual, que muda a forma como estamos produzindo, otimizando os recursos e tempo do produtor, além de gerar maior sustentabilidade à agropecuária brasileira”. Para ele, esse modelo de produção só irá crescer no Brasil, ”não tem mais volta, o futuro da lavoura e pecuária brasileira passa pelos sistemas integrados, precisamos conhecer melhor essa técnica, principalmente para massificá-la o quanto antes nos sistemas produtivos, com responsabilidade”.

A expectativa é que participem do evento produtores agropecuários, profissionais da área, acadêmicos, empresários, professores e pesquisadores das Ciências Agrárias. Outras informações pelos telefones (66) 9908-2489 e (66) 92062688.

Leia também:  Habilitação da UPA é divulgada no Diário Oficial da União
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.