A atual epidemia de ebola matou 4.951 pessoas, de um total de 13.567 infectados, de acordo com balanço divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira (31). O balanço leva em conta os casos confirmados, suspeitos e prováveis registrados até o dia 29 de outubro.

O número total de casos é menor do que o divulgado no balanço anterior da OMS porque houve casos suspeitos, principalmente na Guiné, que foram descartados.

Os países com transmissão intensa da doença continuam sendo Libéria, Guiné e Serra Leoa. Também foram registrados casos no Mali, na Espanha, nos Estados Unidos, na Nigéria e no Senegal. Estes dois últimos países já foram declarados livres do vírus na semana passada.

Leia também:  Maduro solicita ajuda do Papa para que ele impeça que os EUA invada a Venezuela

Veja detalhes dos locais com contaminação:

Guiné: São 1667 casos, entre confirmados, prováveis e suspeitos. Ao todo, morreram 1018 pessoas.

Libéria: ASão 6.535 casos, entre confirmados, prováveis e suspeitos. Ao todo, morreram 2.413 pessoas.

Serra Leoa: Foram 5.338 casos, entre confirmados, prováveis e suspeitos. Ao todo, morreram 1.510 pessoas.

Espanha: Houve apenas um caso confirmado, o da enfermeira Teresa Romero, que já foi curada.

Estados Unidos: Houve quatro casos da doença. Um dos pacientes morreu, um médico segue internado e duas enfermeiras foram curadas.

Mali: houve apenas um caso da doença por enquanto – uma menina de 2 anos que morreu.

Nigéria: Foram 20 casos de ebola, entre confirmados e prováveis, que levaram a 8 mortes. O país já foi declarado livre da doença.

Leia também:  Estudos revelam que aspirina consegue reverter danos da cárie

Senegal: Houve apenas um caso da doença e o paciente se recuperou. O país já foi declarado livre da doença.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.