Delfina Antônia da Conceição, de 72 anos (Foto: Danilo Bezerra/Cidadesnanet)
Delfina Antônia da Conceição, de 72 anos (Foto:
Danilo Bezerra/Cidadesnanet)

A aposentada Delfina Antônia da Conceição, de 72 anos, foi assassinada a tiros em uma emboscada na cidade de Patos do Piauí, a 399 km ao Sul de Teresina. Segundo o delegado Antônio Nilton, o suspeito é o enteado na vítima, e a morte teria sido motivada por conta da herança deixada pelo pai, já falecido.

“O suspeito e a vítima não tinham um bom relacionamento. Desde que o marido da aposentada faleceu, os dois vinham brigando judicialmente por uma herança. Nesse domingo (2) justamente no dia de finados, quando a mulher voltava do cemitério, onde tinha ido visitar o túmulo do marido, sofreu uma emboscada”, disse.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito teria planejado e armada toda a ação para executar a mulher. “Ele colocou tronco de árvores no meio da estrada, obrigando a aposentada a descer do veículo para retirar os obstáculos da via, foi nesse momento em que o suspeito saiu da mata e disparou duas vezes contra a vítima”, relatou Nilton.

Leia também:  MEC vai apoiar formação de professores para educação de surdos, diz ministro

Delfina Antônia da Conceição não resistiu e morreu no local. A polícia foi informada do caso e está fazendo diligências para tentar capturar o suspeito. “O homem tem conhecimento da mata, pois ele é morador da região. Algumas testemunhas que presenciaram o crime reconheceram o suspeito”, contou o delegado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.