Condenado a 18 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado, praticado no estado de São Paulo, Adelir da Silva Motta, 44 anos, foi preso neste sábado (01.11), no município de Lucas do Rio Verde, em cumprimento de mandado de prisão preventiva. A prisão foi efetuada por policiais da Delegacia da Polícia Judiciária Civil.

O suspeito foi condenando pela Justiça de São Paulo, por assassinato praticado em 23 de fevereiro de 2003, na companhia de um ex-patrão. O crime foi motivado por uma dívida de R$ 620 mil. A vítima, um empresário paulista, foi agredida com socos, chutes, pontapés e pauladas. e ap[os sofrer os golpes desmaiou e posteriormente foi enterrada viva, segundo confirmação da perícia técnica.

Leia também:  Integrante do bando que matou o cabo em SP é preso em Rondonópolis

A Polícia Civil recebeu informações de que o criminoso estaria escondido na cidade de Lucas do Rio e Verde e realizou diversas diligências até descobrir o endereço da residência do procurado, que estava trabalhando como caminhoneiro em Mato Grosso.

“Um excelente trabalho de levantamento de informação realizado pelos investigadores de polícia, que rapidamente descobriram dados de toda a família do foragido, endereço e profissão”, disse o delegado Rafael Mendes Scatolon.

O preso será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Lucas do Rio Verde. A Justiça paulista irá providenciar o recambiamento do foragido.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.