Foi inaugurada nesta segunda feira (03) o novo edifício sede das Promotorias de Justiça de Sorriso – “Procurador de Justiça Moacir Perri”. Localizada em uma área de 1.250 metros quadrados, a nova sede tem uma área construída de 890,95 m². O prédio possui três pavimentos, com auditório, oito gabinetes, oito salas para assessores, duas salas de reuniões, além dos espaços destinados aos técnicos administrativos, sanitários, copas e estacionamento.

O evento que contou com a participação dos filhos do homenageado, o desembargador Orlando Perri e a juíza de Direito Mônica Catarina Perri Siqueira, foi marcado pela emoção e resgate da história da formação dos membros do Ministério Público do Estado de Mato Grosso. Catarina Perri, relembrou as dificuldades que o pai enfrentou no começo da carreira de promotor de Justiça. “Os recursos para o trabalho eram escassos mas sentia em meu pai vontade e determinação de construir uma instituição forte em prol da sociedade”.

Leia também:  Onça-pintada resgatada de fazenda em MT é levada para associação em SP

Em seu discurso, o atual presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Orlando Perri, agradeceu em nome do procurador geral de Justiça, Paulo Roberto Jorge do Prado, a todos os membros do Ministério Público de Mato Grosso a homenagem prestada a seu pai. “Saiba Dr Paulo Prado, que assim como meu finado pai vossa excelência tem sido motivo de inspiração e exemplo para diversos administradores de instituições públicas. Oxalá tivessem tantas cópias de homens de valor e probidade em nosso país, afirmou Perri.

O procurador geral de Justiça, Paulo Roberto Jorge do Prado, destacou que o Ministério Público é sinônimo de esperança, de futuro à população, um órgão pungente e importante ao Estado de Mato Grosso e, para que os membros dessa instituição possam trabalhar com melhor qualidade de infraestrutura, fez-se necessário uma sede mais moderna. “Se forte é a nossa atividade fim, forte também tem que ser a estrutura física do MPE. Estamos inaugurando instalações mais confortáveis e capazes de receber melhor, tanto os promotores de Justiça, quanto os cidadãos dessa cidade”, declarou Prado.

Leia também:  Exportação de carne bovina aumenta em MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.