A Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) entregou oficialmente, nesta sexta-feira (07), ao reitor do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), José Bispo Barbosa, os projetos complementares para a construção do campus de Jaciara. O trabalho foi desenvolvido pela Central de Projetos da Associação, a pedido do prefeito de Jaciara, Ademir Gaspar Lima, e em parceria com profissionais do instituto. A reunião de apresentação das plantas também contou com a participação do deputado federal Valtenir Pereira, vereadores e outras autoridades regionais.

O superintendente da AMM, Darci Lovato, representando o presidente da instituição, Valdecir Luiz Colle, destacou que a missão da entidade é apoiar as prefeituras na implantação de novos empreendimentos. Darci revelou que a equipe de engenharia também está atendendo os municípios de Juína e Tangará da Serra, na implantação dos campi do instituto. “A parceria da AMM com o IFMT, através da Prefeitura de Jaciara, já repercutiu no estado e outros municípios estão buscando a nossa equipe técnica para a elaboração de projetos com o mesmo propósito”, explicou.

Leia também:  TCE afirma que detentos com tornozeleira ficaram 1 ano sem monitoramento em MT

Atualmente Jaciara possui uma unidade avançada do Instituto Federal, que funciona em um prédio alugado. O novo projeto permitirá a construção de salas de aula, biblioteca, auditório, área de convivência e administrativo. A obra também foi pensada com princípios da sustentabilidade e da economicidade, pois é adaptada à topografia do terreno.

O prefeito de Jaciara, Ademir Gaspar Lima, agradeceu à equipe de profissionais da AMM, pela atenção prioritária dada ao projeto. Ele destacou que, sem o apoio da Associação, encontraria dificuldades para elaborar as plantas necessárias. O gestor também afirmou que é grande a expectativa da população em torno da implantação. “Jaciara já é um município referência em educação, saúde e serviços na região do Vale do São Lourenço. A implantação de um campus do IFMT irá facilitar para os estudantes dos municípios vizinhos, que precisam se deslocar até Rondonópolis ou Cuiabá para ter acesso a esse tipo de ensino”, afirmou. Ainda de acordo com o chefe do executivo municipal, a intenção é abrir mais três cursos na unidade, voltados para a vocação econômica regional.

Leia também:  Unemat divulga resultado final do Vestibular 2017/2

O projeto ainda deve passar por ajustes finais e será entregue na próxima semana aos engenheiros do Instituto Federal. Conforme explicou o reitor, ele deve passar pela aprovação de um procurador federal para emissão de parecer antes de ser empenhado. A expectativa de José Bispo é que isso ocorra ainda em 2014 e, após o processo licitatório, seja executado no próximo ano.

A parte arquitetônica é padrão, elaborada pelo instituto de ensino e também está sendo implantado nos municípios de Sorriso, Várzea Grande e Primavera do Leste. O custo total da obra deve ficar em torno de R$ 9 milhões. No caso de Jaciara, deve ser construído primeiro o bloco de salas de aula, orçado em cerca de R$ 3 milhões.

Leia também:  MPE notifica Poderes para que travestis e transexuais possam usar ‘nome social’
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.