A lava que está sendo expelida após erupção vulcânica na Ilha do Fogo, em Cabo Verde, já chegou à localidade de Portela, principal povoado de Chã das Caldeiras.

Hélio Semedo, geólogo do Instituto Nacional de Proteção Civil e Bombeiros (INPCB), de Cabo Verde, adiantou que às 6h locais, as duas principais torrentes de lava estavam a apenas 2 metros da primeira casa do povoado de Portela e a 30 metros do Hotel Pedra Brava.

Segundo o especialista, o aumento da velocidade de deslocamento da lava se deve à intensificação da atividade vulcânica no final de ontem (25), que se prolongou pelas primeiras horas de hoje (26).

O diretor de operações da Proteção Civil e Bombeiros de Cabo Verde, Nuno Oliveira, disse que a lava já ultrapassou a barreira natural de 2 metros que “murava” a entrada de Portela, aumentando o risco de destruição do povoado.

Leia também:  Ataque terrorista em NY deixa 8 mortos sendo 5 argentinos

Cerca de uma centena de agentes das forças policiais está no local para garantir a segurança do povoado, com um comando e acampamento montados na escola da aldeia.

Ainda segundo Oliveira, duas retroescavadeiras operam na zona norte da cratera para abrir uma via rodoviária alternativa em direção ao povoado de Mosteiros, no Norte da ilha, e permitir o acesso à região sem grandes riscos.

O primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, sobrevoou a Ilha do Fogo acompanhado de 19 pessoas, entre elas, membros do governo e deputados, além de dois vulcanólogos do Instituto Tecnológico de Energias Renováveis das Ilhas Canárias (Espanha).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.