O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, que participa neste momento de audiência pública na Comissão de Esporte, ressaltou que os Jogos Olímpicos, em 2016, e a Copa do Mundo deste ano mantêm uma agenda de investimentos nos esportes.

Entre outros pontos, Aldo destacou: investimentos de R$ 1 bilhão no Plano Brasil Medalhas, entre 2013 a 2016; R$ 967 milhões nos Centros de Iniciação Esportiva, inclusive com a construção de 10 mil quadras escolares em vários municípios; além de mais de R$ 1 bilhão oriundos da Lei de Incentivo ao Esporte, entre 2007 e 2013.

O ministro ressaltou ainda o papel da Comissão de Esporte na fiscalização da aplicação desses recursos ao lado do Tribunal de Contas da União (TCU), da Controladoria Geral da União (CGU) e de outros órgãos de controle externo do Executivo.

Leia também:  Clima fica tenso e senadores do PMDB trocam alfinetadas em redes sociais

Segundo Aldo, a preocupação com o legado que será deixado para o País acompanha todo o planejamento das Olimpíadas. Apesar de os jogos acontecerem no Rio, ele afirmou que a preparação é nacional, com impactos positivos no turismo do Brasil.

A audiência continua plenário 4.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.