Uma pesquisa divulgada hoje (12) pela representação da Organização das Nações Unidas (ONU) no Brasil mostra que 74% dos brasileiros conhecem ou ouviram falar do organismo internacional, e 65% avaliam sua atuação como positiva ou muito positiva.

Feita pelo Ibope com 2002 entrevistados, com margem de erro de 2% e nível de confiança de 95%, a pesquisa é a primeira patrocinada pela representação para saber o nível de conhecimento ONU entre os brasileiros.

No grupo dos que declararam conhecer a ONU, 22% avaliaram sua atuação como positiva, 43% como muito positiva e 2% consideram negativa. O percentual de 33% que não souberam avaliar ou preferiram não responder indica que parte considerável da população não tem informações sobre a mais influente organização internacional.

Leia também:  Deputado Rezende garante convênio em prol do Oratório Filhos de Dom Bosco

A conclusão é corroborada pelo fato de 36% dos entrevistados não saberem ou não quererem responder sobre as áreas de atuação da ONU, mesmo com a apresentação das opções ajuda humanitária, manutenção da paz, desenvolvimento, conselho de segurança e outros, podendo ser marcada mais de uma área de atuação.

Ajuda humanitária foi assinalada por 42% dos entrevistados, enquanto manutenção da paz por 39%, e conselho de segurança por 20%. Desenvolvimento, que abrange campanhas de vacinação e convênios com órgãos públicos, principal área das agências da ONU no Brasil, foi marcada por 21%.

O diretor do Centro de Informação da ONU para o Brasil, Giancarlo Summa, disse à Agência Brasil que a organização é associada aos grandes temas humanitários, como campos de refugiados e combate ao ebola. No Brasil, no entanto, suas atividades vem desde o fim da década de 1940, e foram se modificando ao longo do tempo.

Leia também:  Novo complexo para Politec é debatido em audiência pública

“Hoje, temos uma atuação em muitos estados, associados a órgãos do governo, em coisas muito diferentes, que vão do apoio aos refugiados que estão no Brasil a vacinas, empoderamento de mulheres, luta contra a violência, luta contra homofobia, programas ambientais, saúde indígena, e por aí vai”, explicou.

Duas ferramentas para ampliar o conhecimento da população sobre o trabalho da ONU foram lançadas hoje. A primeira é um portal informativo, a maior fonte de informação sobre a organização, em português. A segunda é o aplicativo que permite acesso às informações por meio de telefones com acesso à internet.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.