Uma operação conjunta da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, com o objetivo de combater a criminalidade, foi realizada durante o final de semana (01 e 02), em Pedra Preta (238 km ao Sul). A ação resultou na prisão de 5 pessoas, sendo 3 em flagrante por crimes de tráfico de drogas e roubo e 2 em cumprimentos de mandado de prisão.

As prisões de Leumar de Paula Santana, 30 e Ornaldo Augusto Pereira, aconteceram após denúncia do funcionamento de um suposto comércio de drogas.

Uma equipe de policiais se deslocou até o endereço denunciado e buscas no local, apreenderam 16 trouxinhas de pasta base de cocaína, uma porção para venda “a granel”, em um prato, além de apetrechos para embalar a droga.

Leia também:  Jovem é baleado e morto dentro de bar em Paranatinga

No momento da abordagem, Ornaldo tentou fugir para um banheiro, na área externa da casa, mas acabou sendo visto por um dos policiais e preso. Os traficantes são conhecidos da Polícia de Lucas do Rio Verde, pela atuação no tráfico de drogas no trevo da cidade, local propício para o comércio ilegal pela alta circulação de usuários.

Os presos foram conduzidos à Delegacia e autuados em flagrante por tráfico de drogas.

A terceira prisão aconteceu em um bar, apontado como ponto de prostituição na cidade. Durante a abordagem, policiais constataram que o cliente, Robson Silva Oliveira, 31, estava com mandado de prisão preventiva decretado, por um roubo, no município de Poxorèu, no ano de 2008.

Leia também:  Condutora de caminhonete que atropelou motociclista diz que se atrapalhou com chinelo de dedo

Ele foi condenado a 7 anos de prisão pelo crime. No domingo (02), Diogo da Silva Dantas, 21, foi preso em flagrante, após cometer dois roubos na cidade. Nos assaltos, o acusado roubou um aparelho celular e a bolsa de uma mulher, na região da rodoviária.

Na terça-feira (04), Francisco Lopes da Costa, procurou a Delegacia de Pedra Preta, para registrar um boletim de ocorrência de extravio de documento. Em checagem no sistema, policiais constataram que o acusado estava com mandado de prisão civil, em aberto, de devedor de alimentos. O preso teve a liberdade decretada na manhã desta quarta-feira (05).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.