Oscar Pistorius, condenado em outubro a cinco anos de prisão por ter matado sua namorada, se beneficiou de um tratamento especial para seu 28º aniversário ao receber uma longa visita de seus irmãos, segundo o jornal “Sunday Times”.

Carl e Aimée Pistorius o visitaram por cerca de duas horas na prisão central de Pretória, embora o campeão paralímpico tenha teoricamente direito a apenas cinco visitas de uma hora por mês, afirma o jornal.

Seus irmãos levaram balões, presentes e uma torta comprada fora da prisão – algo proibido – segundo o jornal, que constata que seus veículos não foram inspecionados.

O porta-voz dos serviços penitenciários, Logan Maistry, afirmou ao jornal que Pistorius, que encontra-se em na ala hospitalar desta prisão, não se beneficia de nenhum tratamento preferencial, mas que uma investigação sobre estas informações será aberta.

Leia também:  Acidente com ônibus na China é flagrada por câmaras de seguranças

No dia 9 de dezembro, um tribunal de Pretória examinará o pedido de apelação da promotoria, que considera chocante por sua leveza a pena de cinco anos de prisão ao atleta.

Pistorius matou sua namorada, Reeva Steenkamp, em sua casa de Pretória no dia 14 de fevereiro de 2013, ao disparar quatro tiros através da porta do banheiro, onde ela estava. O atleta garante que a matou acreditando que era um ladrão. Foi condenado por homicídio culposo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.