N O T A

A COMISSÃO EXECUTIVA NACIONAL DO PMDB reitera seu veemente repúdio a toda e qualquer acusação que esteja sendo feita ao partido, como beneficiário do que está sendo objeto da Operação Lava Jato.

Caso alguém tenha indevida e desautorizadamente se apresentado como seu representante ou “operador”, ante qualquer empresa pública ou privada, o fez em caráter pessoal ou no interesse de terceiros, em razão do que deverá responder por tais atos, na forma da Lei.

O PMDB, como o maior partido do Brasil, exige que tais fatos sejam plenamente apurados e publicadas as conclusões, quando restará provado que deles nunca teve nenhuma participação ou benefício.

COMISSÃO EXECUTIVA NACIONAL DO PMDB.

Leia também:  Temer diz que se não tiver votos, reforma da Previdência ficará para fevereiro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.