Câmara Municipal de Poxoréu - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Câmara Municipal de Poxoréu – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Pais e alunos da região de Paraíso do Leste, distrito de Poxoréu, estão aflitos na espera de uma solução para o reordenamento educacional que foi proposto pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc). Acontece que se efetivado, as crianças terão que ‘andar’ cerca de 40 quilômetros a mais para estudar.

De acordo com o vereador Fernando Alves (PSD), pelo pedido da Seduc, os alunos da Escola Estadual Argemiro Rodrigues, localizada em Paraíso do Leste seriam remanejados para uma outra escola localizada no vilarejo de Aparecida do Leste.

A ordem teria partido do Governo Estadual para cortar gastos, devido ao número reduzido de alunos que a unidade comporta atualmente.

Leia também:  Após cirurgia na próstata Temer recebe alta e diz "Por aqui foi tudo bem"

“São alunos na maioria moradores nas zonas rurais que já andam cerca de 60 quilômetros para ir estudar. Sem contar nos ônibus e estradas de péssima qualidade, não tem porque prolongar mais ainda a viagem destas crianças, causando desgastes e transtornos”, destacou Fernando.

Por isso, a Câmara Municipal tenta intervir por meio de documentos, para que os alunos da região não saiam prejudicados. Nesta semana, um ofício assinado por todos os vereadores foi encaminhado a Seduc no intuito de reverter a decisão. A Secretaria terá em torno de uma semana para resolver este impasse.

“Um pai foi até Cuiabá e expôs a real situação que os alunos enfrentam. Por enquanto a assessoria pedagógica sinalizou um recuo, mas nada ainda oficial”, finalizou o vereador.

Leia também:  Unemat pauta curso de Direito e Logística para Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.