O prefeito Percival Muniz (PPS) afirmou em entrevista ao site AGORA MT que até dezembro a ‘Zona Azul’ estará funcionando em Rondonópolis. De acordo com o prefeito o projeto já está pronto, licitado e resta apenas as adequações finais.

De acordo com Muniz a falta de estacionamento principalmente na área central da cidade é uma reclamação antiga da população e que com a Zona Azul o problema será amenizado. O prefeito afirmou que o estacionamento na 1ª hora e 2ª hora será cobrado R$ 2,50 e na 3ª hora será cobrado R$ 5.

“Aquele que não respeitar terá o carro rebocado e terá que pagar ainda mais taxas para poder retirar o veículo. Vamos disciplinar as pessoas, assim como está ocorrendo com os radares”, afirma Muniz.

Leia também:  Mais de 100 mil veículos devem passar pela BR-163 durante feriado

Percival falou que todas essas mudanças no trânsito de Rondonópolis eram necessárias, mas que nenhum prefeito tinha coragem porque é uma situação que causa desgastes. “Muitos estão reclamando dos radares, mas eu não estou preocupado com desgastes, me preocupo com pessoas. Com a instalação dos radares já podemos observar uma queda no número de acidentes e consequentemente em atendimentos no P.A. e Hospital Regional”, explica.

Segundo Muniz outro problema que foi resolvido foi em relação ao pátio para colocar os veículos apreendidos. “Esperamos o Estado resolver isso, mas não aconteceu então o município foi e conseguiu a área. Em nossa cidade existe mais de 9 mil veículos irregulares circulando, porque não havia espaço para guarda-los”, declara.

Leia também:  Clássicos da literatura em cena na Escola Gisélio da Nobrega

Com toda a modernização que será feita no trânsito será possível tirar das ruas os veículos com IPVA vencido, clonagem, roubados entre outras irregularidades. “O veículo será apreendido e levado para o pátio que será administrado por uma empresa terceirizada. Para retirar a pessoa terá que pagar, assim como ocorre em outras cidades”, diz Muniz.

Para o prefeito o trânsito de Rondonópolis estava abandonado e que por isso muitas pessoas inocentes estavam pagando por uma minoria de imprudentes. “Pessoas estavam morrendo ou ficando com sequelas pelo resta da vida, por isso estamos sendo rigorosos nessa área”, finaliza.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.