Segundo banco de dados do Procon Estadual, constante no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), no mês de outubro de 2014 foram registrados 1.877 procedimentos administrativos, tendo o setor de ‘Serviços Essenciais’ ocupado o primeiro lugar em reclamações.

O setor de ‘Serviços Essenciais’ foi responsável por 820 atendimentos no órgão de defesa do consumidor, mantendo-se na primeira posição do ranking, registrando 378 atendimentos para serviços de ‘Água e Esgoto’, 172 para “Energia Elétrica’ e 147 reclamações para ‘Telefonia Celular’.

O setor ‘Produtos’, com 377 reclamações, ficou em segundo lugar, registrando 37 procedimentos para a categoria ‘Telefone’, 31 para ‘Microcomputador/Produtos de Informática’ e 30 para as categorias ‘Aquecedor/Ventilador/Ar Condicionado/Circulador de Ar’ e, também, ‘Geladeira e Freezer’, que ficaram empatadas.

Leia também:  Ônibus com 44 romeiros de Várzea Grande pega fogo em SP

Em terceiro lugar ficou o setor ‘Assuntos Financeiros’, com 320 reclamações, sendo registradas 95 reclamações para a categoria ‘Banco Comercial’, 80 reclamações para ‘Cartão de Crédito’ e 38 para ‘Cartão de Loja’.

Em quarto lugar ficou o setor ‘Serviços Privados’, que registrou 305 reclamações, sendo 76 para ‘TV por Assinatura’, 52 para ‘Estabelecimento Comercial’ e 42 reclamações para a categoria ‘Escola (Pré, 1º, 2º Graus e Superior)’.

O setor ‘Habitação’ registrou 23 reclamações no Procon-MT, ocupando assim o quinto lugar do ranking. Já em penúltimo e último lugar, respectivamente, permanecem os setores ‘Saúde’ e ‘Alimentos’. Juntos, os dois setores tiveram 32 reclamações no mês de outubro de 2014.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.