O projeto que regulamenta o trabalho dos vendedores ambulantes em Rondonópolis foi aprovado nesta quarta-feira (25) na sessão da Câmara Municipal. Porém somente a comercialização de alimentos fica permitida.

De acordo com o vereador Rodrigo Lugli (PSDB), coordenador do projeto, a lei irá beneficiar tanto os vendedores quanto a população, isso porquê a partir do momento em que o vendedor estiver regularizado ele terá que cumprir com várias obrigações, inclusive nas normas em que diz respeito a higienização, conservação e manipulação dos alimentos, o que traz tranquilidade a quem ingere o alimento.

Há ainda outras obrigações para a concessão, como o pagamento da taxa de acordo com o espaço ocupado, participação em cursos, pontos e horários definidos entre outros.

Leia também:  Site prevê possibilidade de advogada assumir cadeira na Câmara de Cuiabá

O projeto será encaminhado ao Poder Executivo para sanção do prefeito e de acordo com o vereador Rodrigo Lugli a intenção é de que até as festas de fim de ano aconteçam, quando há maior fluxo de pessoas no centro da cidade, a lei já esteja em vigor.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.