santosNão ter feito um gol fora de casa foi a principal lamentação do zagueiro Edu Dracena na derrota por 1 a 0 para o Cruzeiro nesta quarta-feira à noite no Mineirão. Com o tropeço, o Santos precisará agora ganhar com dois tentos de diferença na próxima quarta-feira, às 22h, no ‘caldeirão’ da Vila Belmiro, para se garantir na final da Copa do Brasil.

— Às vezes é melhor perder por 2 a 1 do que por 1 a 0. A gente teve chance de fazer gol, Fábio fez boas defesas, mas fiquei feliz pelo segundo tempo. Colocamos a bola no chão e conseguimos jogar de igual para igual. Confiamos agora no jogo na nossa casa, fazer o caldeirão ferver para que a gente possa chegar na final.

Leia também:  União faz resultado e fica com título no sub-19

Assim como Edu Dracena, Cicinho acredita que o Peixe conseguirá reverter o placar na partida de volta.

— Demonstramos que também somos fortes e mostramos que podemos reverter o placar na Vila. O time teve algumas falhas no primeiro tempo, mas conseguiu criar oportunidades e fazer um segundo tempo diferente. A gente pode conquistar a vaga.

Após a partida, Robinho, que passou pagado no jogo, fez coro com o companheiro e apostou na força de jogar em casa.

— O resultado não é impossível de reverter na Vila Belmiro, com a presença do nosso torcedor. Na Vila a gente também vai pressionar.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.