Apontado como operador do PMDB em esquema de corrupção na Petrobras, o lobista Fernando Baiano irá depor nesta sexta-feira (21) à PF (Polícia Federal), responsável pelos inquéritos da operação Lava Jato. Previso para a última quarta-feira (19), o depoimento de Baiano foi adiado. A PF não explicou os motivos para a mudança.

Ele é um dos 24 presos na sétima fase da operação, chamada de “Juízo Final”, que investiga um esquema de fraude em licitações na Petrobras. O lobista teve sua prisão decretada na última sexta-feira (14), mas se entregou à PF somente na terça (18).

Segundo os depoimentos do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, Fernando Soares seria o operador do PMDB no esquema de corrupção na estatal. O partido nega envolvimento com o lobista.
O advogado Mario Oliveira Filho, representante do empresário, disse na última quarta que seu cliente faz “prospecção de negócios”. A defesa também negou que Soares arrecadava propina para o PMDB, por meio de contratos entre empreiteiras e a Petrobras.

Leia também:  Trio armado rende família durante assalto à residência no Jardim Novo Horizonte

— Ele é um empresário, proprietário de duas empresas antigas e faz prospecção de negócios. Descobre onde está o problema de uma infraestrutura e vai atrás de solução. Por exemplo, vou fazer uma estrada, preciso de tantas toneladas de pedras. Ele faz o contato e, sobre a negociação, recebe uma porcentagem, que é absolutamente lícito.

O advogado confirmou que Fernando Soares fez negócios lícitos com a Petrobras, mas negou que ele tenha qualquer ligação com o PMDB. Em depoimento de delação premiada, o doleiro Alberto Youssef afirmou que o investigado arrecadava propina para o partido.

— O que percebo é uma ligação equivocada. Alguns dizem que a Diretoria Internacional da Petrobras é do pessoal do PMDB, enquanto outros dizem que é indicação do PT. Como Fernando teve negócios com a área internacional, então ele teria vínculo com o PMDB? Não tem. Se há um operador, não é ele.

Leia também:  Menor é apreendido com mais de 270 Kg de maconha na BR-163
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.