Uma divulgação feita nesta quinta-feira (6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que a taxa de desemprego caiu para 6,8% no 2º trimestre de 2014, os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua. Com relação ao 1º trimestre do ano corrente a taxa caiu 0,3%.

Comparado ao 2º trimestre de 2013, quando a taxa de desemprego ficou em 7,4%, houve uma queda de 0,6%.

A pesquisa ainda apontou as taxas de desemprego nas regiões brasileiras. A maior taxa de desocupação ocorreu no Nordeste, com 8,8%, já a menor foi registrada na região Sul, com 4,1%. As taxas de desemprego na região Norte, Centro-Oeste e Sudeste ficaram, respectivamente, em 7,2%, 5,6% e 6,9%.

Leia também:  Pescado irregular gera multa de mais de R$ 80 mil e apreensão de 1t de camarão em SP

Conforme o IBGE, a taxa de ocupação nacional no período foi registrada em 56,9%, a mesma do 2º trimestre de 2013 e um pouco acima da registrada no 1º trimestre de 2014 onde o nível de ocupação estava em 56,7%

Segundo o Pnad, no 2º trimestre, 92,1 milhões da população estavam ocupadas e 6,8 milhões de pessoas desocupadas. No 1º trimestre deste ano, 7 milhões de pessoas estavam desocupadas e 91,2 milhões ocupadas. No 2º trimestre de 2013, a população ocupada somava 90,6 milhões e os desocupados ocupavam 7,3 milhões.

O resultado do 3º trimestre do ano, entre maio e agosto, será divulgado pelo Pnad Contínua no final de dezembro.

A Pnad Contínua produz informações contínuas sobre a inserção da população no mercado de trabalho e suas características, tais como idade, sexo e nível de instrução. A pesquisa é realizada por meio de uma amostra de domicílios, extraída de uma amostra mestra, de forma a garantir a representatividade dos resultados para os diversos níveis geográficos definidos. A cada trimestre, a PNAD Contínua investiga 211 344 domicílios particulares permanentes em aproximadamente 16 000 setores censitários, distribuídos em cerca de 3 500 municípios

Leia também:  Caminhão invade contramão, bate em micro-ônibus e mata 11 dançarinos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.