Três homens foram detidos ontem (05) pela Polícia Judiciária Civil (PJC), em Cuiabá, suspeitos de integrar uma quadrilha que furtava lojas de eletrodomésticos nos municípios de Brasnorte, Nova Olímpia e Denise. O prejuízo causado pelos furtos é estimado em R$ 300 mil.

De acordo com a PJC, os suspeitos foram investigados no interior de Mato Grosso, porém foram localizados na capital. Com eles foram apreendidos tabletes, celulares, câmeras digitais e eletrônicos em geral, dois revólveres e uma pistola municiada.

Segundo informou a empresa, em cada crime foram subtraídos cerca de R$ 100 mil em mercadorias.

A prisão dos três suspeitos contou com o apoio da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Cuiabá. O trio será autuado em flagrante por furto e porte de arma de fogo.

Leia também:  Vendaval também atinge estádio Luthero Lopes

Outras cinco pessoas devem responder por receptação culposa, por adquirir os produtos do furto sem nota fiscal. Em depoimento à polícia, elas alegaram que não sabiam que os produtos eram provenientes de práticas criminosas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.