O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acatou, por unanimidade, nesta terça-feira (11), o recurso interposto pelo ex-prefeito do município de Juína, Altir Peruzzo (PT) e descongelou os 15.299 votos obtidos pelo petista para deputado estadual nas eleições deste ano derrubando a tese de “ficha suja”.

Outro recurso analisado foi quanto a situação do ex-prefeito de Nova Bandeirantes, Valdir Barranco (PT), porém este ainda não teve um parecer definitivo já que o Tribunal decidiu que a defesa do candidato terá direito a sustentação oral no plenário. Nas eleições de 2014, Barranco concorreu sub judice e obteve 19.227 votos para o cargo de deputado estadual.

A expectativa em torno dos julgamentos ocorreu devido mudança que pode acontecer na Assembleia Legislativa. Com a decisão de ontem (11), Peruzzo passa automaticamente a ser o 1º suplente da coligação “Amor a Nossa Gente II”, ultrapassando Alan Kardec (PT). Caso Barranco consiga descongelar os 19.227 votos que teve, a coligação “Amor a Nossa Gente II” garante mais uma cadeira no parlamento. O petista seria o 8º mais votado da coligação.

Leia também:  Ex-governador do DF e atual assessor de Michel Temer são presos nesta manhã pela PF

Dessa forma, o coronel Pery Taborelli (PV), eleito deputado, perderia a vaga.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.