A menos de 20 dias para a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal e o suspense do grupo da base do prefeito Percival Muniz (PPS) se mantém. Até o momento apenas o vereador Aristóteles Cadidé (PDT) tem trabalhado o nome para conseguir atrair aliados, porém ainda é um candidato sem muita ‘expressão’ entre os colegas.

Já as articulações do outro lado, o da oposição, que tem como o cabeça da chapa, Lourisvaldo Manoel (Fulô-PMDB), segue movimentado. Fulô estaria encontrando dificuldades dentro do próprio grupo e com colegas do mesmo partido que paralelamente tem trabalhado para ‘melar’ o projeto de Fulô.

Segundo uma fonte da coluna BASTIDORES o motivo da suposta traição nada mais seria do que uma briga de ego, já que o colega de Fulô, está de olho na presidência e por isso tem incitado os colegas a desistir do nome de Fulô para que outro nome do grupo seja indicado.

Leia também:  Argemiro mostra trabalho e pede também nomeações
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.