Um trabalho dedicado aos dependentes químicos e alcoólicos vem sendo realizado há cerca de 6 anos em Rondonópolis na Casa de Recuperação “Jacob”, localizada em uma chácara no Globo Recreio. A casa que tem a frente o pastor Alexandre “Alê”, da igreja evangélica Batista Live Church, atende de forma gratuita 29 pessoas sendo todas do sexo masculino. “É um trabalho feito com amor, é um trabalho voluntário. As pessoas se compadecem e ajudam a casa. Tudo é feito com doação.”

O pastor Alê , um dos responsáveis pela casa de recuperação - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
O pastor ‘Alê’ , um dos responsáveis pela casa de recuperação – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

A casa é aberta para maiores de 18 anos e especialmente, são atendidas, as pessoas mais carentes. Em geral, o tempo de recuperação é de 9 meses. “É o tempo de uma gestação, mas há pessoas que acabam ficando um pouco mais”, informou o pastor.

Na “Jacob”, além de Rondonópolis, há pessoas de outras regiões do Brasil, como Planalto da Serra (MT), Cuiabá (MT), do estado de São Paulo (SP) Mato Grosso do Sul (MS), Rondônia (RO) e até de outro país, como Uruguai. A casa ainda atende moradores de ruas, hippies e pessoas que sofrem com depressão e síndromes.

Leia também:  Camarote tem princípio de incêndio na 45ª Exposul

“As pessoas acabam descobrindo a casa de recuperação na internet, ou descobre através de outra pessoa e ligam para nós. Não há preceitos, não é uma casa cheia de regras. Aqui a pessoa terá que buscar o caminho. Nós sinalizamos, mas cabe a ela decidir o rumo que quer tomar,” disse o pastor.

Na casa de recuperação 'Jacob' atualmente moram 29 pessoas - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Na casa de recuperação ‘Jacob’ atualmente moram 29 pessoas – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Apesar de carecer de estrutura (a casa possui apenas quatro quartos), de mobília e de atividades para os residentes, o pastor acredita que o local tem o mais importante que é o amor e a palavra de Deus. “

Os moradores da casa de recuperação seguem uma rotina, praticamente todos os dias vão à igreja, contam com palestras, orações (três cultos), realizam a limpeza e manutenção da chácara. As refeições também são preparadas por eles. Esporadicamente, são realizados passeios para os residentes. Alguns dos moradores devem ir para casa neste feriado de Natal.

Leia também:  Prefeitura disponibiliza emissão de documentos fiscais de forma gratuita via site
Momento em que estava sendo preparado o almoço - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT
Momento em que estava sendo preparado o almoço – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

“Aqui só fica quem quer, a chácara é aberta. Há visitas das famílias. A gente ainda recebe visita de pessoas que saem da chácara e retornam para visitar os outros colegas,” disse o pastor “Alê”.

Com a falta de psicólogos e outros profissionais, a casa de recuperação conta com o apoio dos psicólogos do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e dos postos de saúde.

Desde que entrou na Jacob, há cerca de 25 dias, W.F.S, 40 anos, disse que não sente mais vontade usar drogas. “Eu sinto uma paz aqui e a presença de Deus. Há 20 anos, eu conheci as drogas e aqui eu não senti vontade nenhuma de usar. Eu me vi como uma criança nascendo de novo nos braços do pastor,” disse W.F.S.

Leia também:  Oficinas comunitárias começam neste sábado (15) em Rondonópolis

O morador da casa de recuperação diz que sonha em constituir uma família. “Vou ficar os 9 meses de recuperação aqui e depois eu quero sair daqui casado, eu busco uma família,” finalizou.

Há quase 2 anos na chácara, J.R., 34 anos, que veio de Planalto da Serra (MT) e chegou na chácara numa ambulância, diz que a “Jacob” é tudo para ele. “Aqui eu tenho segurança, ninguém aqui frisa bens materiais, o mais importante é o amor,’ disse.

A casa de recuperação Jacob está localizada no Globo Recreio, em Rondonópolis
A casa de recuperação Jacob está localizada no Globo Recreio, em Rondonópolis

De acordo com o pastor Alexandre, após encerrar o período de recuperação na casa, 80% das pessoas atendidas continuam firmes.

Para ajudar a casa de recuperação, as pessoas podem se direcionar a chácara Jacob, próximo ao Centro de Zoonoses, no Globo Recreio. Ou ligar no telefone celular (66) – 9675-0893.

Veja alguns depoimentos de pessoas que passaram pela Jacob disponíveis na internet.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=5ygikYpab2c[/youtube]

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=oiO2DQuJx04[/youtube]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.