tapa buracoA Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder) retomou nesta quinta-feira (11) o serviço de tapa-buracos nas ruas da cidade. O trabalho havia sido interrompido devido à escassez de matéria-prima e, para evitar prejuízos maiores, a empresa decidiu neste primeiro momento, priorizar as vias com maior tráfego.

As equipes iniciaram a nova operação tapa-buracos pelas avenidas Lions Internacional, Brasil (Rotary), José Barriga, Bandeirantes e avenida dos Estudantes (MT-270). O trabalho também envolverá a recuperação das rotatórias.

“Vamos nos empenhar para terminar essa primeira etapa o mais rápido possível, mas como estamos em período de chuva não há como precisar um prazo para a conclusão”, explicou o diretor técnico da Coder, Frederico Fortaleza.

Leia também:  Gênero e orientação sexual são temas de audiência na Câmara

Após a recuperação dessas vias de maior tráfego, a Coder levará a operação tapa-buracos para os bairros da cidade. “Temos já muitos pedidos e estamos elaborando um cronograma para atender todo o município”, disse Fortaleza.

Matéria-prima

A dificuldade na obtenção de matéria-prima se agravou neste ano com o início das obras de duplicação da BR-163/364.  O maior problema está relacionado aos derivados de petróleo (emulsão asfáltica) e de britas.

Os materiais são adquiridos através de um processo licitatório já realizado; mas, apesar das cobranças da Coder para garantir a regularidade no fornecimento, o processo está sujeito às regras de oferta e demanda – que eventualmente causam o desabastecimento.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.