As devoluções de cheques sem fundos durante o mês de novembro registraram uma queda em relação ao mês anterior. O percentual foi de 1,93% em novembro, ante 1,97% em outubro. As informações são de acordo com dados do Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos.

Um dos fatores que podem ter contribuído para essa queda está relacionada a entrada da primeira parcela do 13º salário na economia.

“A entrada da primeira parcela do 13º salário na economia contribuiu para o recuo da inadimplência com cheques em novembro. Entretanto, o cenário mais adverso neste ano (juros mais altos, economia em estagnação e enfraquecimento do nível de emprego) tem mantido a inadimplência com cheques no acumulado deste ano em 2,05% de janeiro a novembro em patamar ligeiramente superior ao verificado no mesmo período do ano passado (2,01%)” explica os economistas da Serasa.

Leia também:  Preço do diesel tem reajuste de 2,7% e da gasolina de 1,8%

Roraima liderou o ranking estadual dos cheques sem fundos nos primeiros 11 meses do ano, com 11,21% de devoluções. São Paulo, por sua vez, foi o estado com o menor percentual (1,26%). Entre as regiões, a Norte foi a que liderou o ranking, com 4,55% de cheques devolvidos, ao passo que a região Sudeste foi a que apresentou o menor percentual (1,48%).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.