O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) subiu 0,4 ponto de novembro para dezembro, para 45,2 pontos neste mês, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta sexta-feira (12), com base em pesquisa feita entre 1º e 10 de dezembro com 2.758 empresas do país.

A entidade lembrou que os indicadores variam de zero a 100 pontos e que somente valores acima de 50 pontos mostram empresários “confiantes”. Dezembro, segundo a CNI, foi o nono mês consecutivo que o ICEI ficou abaixo da linha divisória dos 50 pontos.

Em dezembro, os índices de todos os portes da indústria mostram falta de confiança, informou a entidade. “Ressalte-se, contudo, que o índice das pequenas e médias mostraram relativa estabilidade, variando menos de 0,5 ponto, enquanto o índice das grandes aumentou 0,9 ponto no mês”, acrescentou.

Leia também:  Mato Grosso tem queda em número de desempregados, diz IBGE

A melhora do ICEI em dezembro deve-se, ainda de acordo com a CNI, à recuperação das perspectivas dos empresários sobre o desempenho das empresas e da economia nos próximos seis meses. O indicador de expectativas aumentou de 48,2 pontos em novembro para 49,2 pontos, aproximando-se da linha divisória de 50 pontos, que separa as perspectivas pessimistas das otimistas.

A pesquisa revela ainda que a confiança melhorou principalmente nas grandes empresas, segmento em que o ICEI cresceu 0,9 ponto em relação a novembro e alcançou 46,3 pontos em dezembro. Nas pequenas empresas, o indicador caiu 0,2 pontos, para 44,4 pontos, e, nas médias, aumentou 0,3 ponto e ficou em 44 pontos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.