Se você não resistiu e abusou nas festas de fim de ano, é hora de assumir os deslizes e tratar de consertar o estrago. O verão está só começando e não é hora de esconder o corpo em roupas largas.

A nutricionista Roberta Stella, do MinhaVida, quer ajudar você a recuperar a boa forma e, por isso, separou algumas dicas para pôr em prática desde já. Elas trazem resultado imediato e valem para os dias de preguiça em casa e também para os passeios e viagens.

Não faça restrições excessivas

O exagero nas comemorações do final de ano não deve ser compensado por dias e dias de uma excessiva restrição. O resultado poderá ser o oposto do que o desejado caso você não suporte a fome. O ideal é, nas refeições principais (café da manhã, almoço e jantar), consumir alimentos com maior volume e menor quantidade energética como frutas, legumes, verduras, além de cereais integrais (por exemplo, arroz integral).

Leia também:  Leite atrapalha absorção de remédio para a tireoide

Dessa maneira, o organismo irá receber o alerta de saciedade, levando à interrupção da ação de se alimentar. Além disso, esses alimentos são ricos em fibras, fazendo com que o esvaziamento gástrico ocorra lentamente. Roberta Stella, nutricionista do Dieta e Saúde

Dá a dica: estipule horários para pequenos lanches entre as refeições principais, isso evita ficar beliscando.

Faça um diário alimentar

Na primeira semana do ano, faça um diário alimentar. Anote tudo o que você come e a hora em que isso acontece. Sabendo identificar os períodos de maior fome e os erros alimentares, ficará mais fácil reorganizar a alimentação.

Anotar os alimentos consumidos é uma rotina diária fundamental para o emagrecimento. É com ela que você observa como está se alimentando e percebe seu erros e acertos. Esta é a base de reeducação alimentar. É com esse controle que você passa a fazer adaptações em sua alimentação e aprende a ter uma alimentação saudável mesmo comendo o que gosta.

Leia também:  Saiba como está a pesquisa da vacina brasileira contra a dengue

Fracione sua alimentação

Faça pequenos lanches entre as refeições principais. Opte por frutas, biscoitos integrais, barrinhas de cereais ou iogurtes desnatados.Os lanches mais fracionados não fazem mal nenhum à saúde nem à dieta e até podem, dependendo da pessoa, estimular o metabolismo e reduzir o apetite da próxima refeição, porém, deve-se prestar atenção as calorias ingeridas, nesses intervalos: “precisam ser alimentos que matem a fome sem acabar com a sua dieta”, explica a nutricionista Anita Sachs, professora de nutrição da Unifesp.

Tenha uma dieta equilibrada

A relação entre ingerir carboidratos após às 18 horas e ganhar peso não passa de mito. Entretanto, é importante que os alimentos estejam bem distribuídos durante o dia, evitando uma elevada concentração no período noturno, principalmente se você vai dormir logo após o jantar.

Leia também:  Índices de ansiedade estão altíssimos em escolas brasileiras
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.