A 31ª edição da Corrida de Reis já recebeu o aval da Confederação Brasileira de Atletismo. O ‘Permit’ foi assinado pelo presidente da entidade, José Antonio Martins Fernandes. A liberação do documento acontece após análise por parte da entidade. Sem ele a prova não pode ser realizada. Por isso, ela é organizada conforme os critérios estabelecidos pela Confederação, que é a única responsável por oficializar eventos de atletismo em todo o país. Marcada para o dia 11 de janeiro, a Corrida de Reis abre a temporada de provas de rua no Brasil.

Para realizá-la, a TV Centro América coloca todos os itens à disposição dos corredores como médicos, enfermeiros, agentes de saúde, assistentes sociais, policias, agentes de trânsito, dentre outros profissionais. Todos estarão presentes para garantir a segurança dos participantes, que receberão um chip eletrônico.

Leia também:  Futebol em luto: morre Gilson Lira

Em 2015, a Corrida de Reis volta ao seu traçado original, com a liberação de algumas obras realizadas para a Copa do Mundo. A largada será na Ponte Sérgio Motta, em Várzea Grande, passando pela Avenida Beira Rio, Avenida Tenente Coronel Duarte, Avenida Historiador Rubens de Mendonça, com chegada em frente à Praça das Bandeiras, totalizando 10 quilômetros de percurso.

Outra novidade é o aumento no número de participantes. Se nos outros anos o número se limitava em 10 mil, na edição 2015 serão 15 mil corredores pelas ruas de Cuiabá e Várzea Grande.
Facebook

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.