Um decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (30) definiu o salário mínimo em R$ 788 a partir de janeiro de 2015. O aumento será de 8,83% sobre o salário mínimo atual que é de R$ 724. Segundo o decreto, o valor diário do mínimo será de R$ 26,27 e o valor por hora corresponderá a R$ 3,58.

A decisão ainda deve ser aprovada pelo plenário do Congresso Nacional, que deve acontecer só em fevereiro de 2015 quando deputados e senadores retomam os trabalhos.

O valor que consta no decreto é um pouco inferior aos R$ 790 que a Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional havia aprovado na votação do relatório final da Lei Orçamentária no dia 10 de dezembro.

Leia também:  Preço do leite pago ao produtor sofre variação e cai em MT

O salário mínimo é calculado, anualmente, com base na inflação do ano anterior pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e no percentual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos dois anos anteriores.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.